APENAS BALBUCIAR FELIZ, AMÉM

APENAS BALBUCIAR FELIZ, AMÉM

AUTORIA: Pe. Irala
ANO DE CRIAÇÃO: 1979

OBSERVAÇÃO

DOWNLOADS

ABRI DE PAR EM PAR O LIVRO AZUL

DA MINHA VIDA E VI

DESENHOS TRANSPARENTES,

CORES LINDAS, VIBRAÇÃO.

CANTEI O MAR E O CÉU E A FLOR

E O RISO QUE SURGIA EM MIM.

CRISTAL DE SOM E LUZ A

ARREPIAR MINHA CANÇÃO.

 

ERA TEMPO DE AMAR,

ERA TEMPO DE CRER,

ERA TEMPO DE EU MESMO ME NOTAR.

EMBALADO NA ESPERANÇA DE SABER

QUE TUDO CRESCE ENQUANTO EU MESMO DURMO.

 

O CRISTO ME FALARA QUE O AMOR

QUE EM MIM SE FAZ AÇÃO.

SUJEITA FORÇAS TRISTES,

DESOLADAS IMPRESSÕES.

MAS CUSTA ACREDITAR QUE CAMINHAR

NA NOITE ADENTRO ASSIM,

A AURORA VEM TRAZENDO

DOS MISTÉRIOS DE ALÉM MAR.

 

VEM O TEMPO DE DAR.

VEM O TEMPO DE SER.

VEM O TEMPO DE EU MESMO ME NOTAR.

SEMPRE O MESMO, SEMPRE ANDANDO,

ESQUECIDO DA SEMENTE

QUE DEU FLOR EM TEMPO.

EU SEI QUE A VIDA ALEGRE

É PARA TODOS DESAFIO.

E O FELIZ OLHAR DE ALGUÉM

PARECE A TODOS OFENDER.

O QUE É QUE EU VOU FAZER,

SE TENHO DEUS DENTRO DO CORAÇÃO.

APENAS UM CANTAR, UM BALBUCIAR FELIZ, AMÉM!

ÁUDIO

      Apenas balbuciar feliz, Amém
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.