MELIPRÓPOLIS – Roteiro

MELIPRÓPOLIS – Roteiro

AUTORIA: Nanda Villela
ANO DE CRIAÇÃO: 2018
COLABORAÇÃO: Digão, Bruna Borsatto, Laura Lucas e Thiago Luccas

OBSERVAÇÃO

Ideia original: Digão Medeiros - Desenhos: Luiz Grecco - Vozes: Madá Diniz Melo Ana Paula Diniz, Bruna Borsatto, Laura Lucas, Bianca Maciel , Marina Evangelista, Thiago Lucas Luiz Grecco e Digão Medeiros

DOWNLOADS

Mãe e filha conversam em casa, após a filha dar um espirro:

Criança: Atchim!

  • Mãe, acho que vou ficar gripada, tô com a garganta doendo, me sentindo molinha…

Mãe: Vamos então cuidar pra que não fique pior, né? Toma logo uma colherzinha de mel enquanto vou buscar o própolis.

A criança toma o mel com uma grande felicidade, lambe a colher até não restar mais nem uma gotinha de mel. Logo em seguida, a mãe retorna com o própolis na mão:

Mãe: Prontinho! Agora o própolis!

A criança faz uma expressão de desagrado. A mãe põe umas gotinhas misturadas com água e dá para a criança que, ao tomar, faz uma grande careta:

Criança: Mãe, isso é horrível!

Mãe: O gosto é ruim, mas é um excelente antibiótico natural, vai ser bom pra sua saúde. Para de reclamar e toma logo!

Criança: Eu não consigo entender como duas coisas tão diferentes, uma tão gostosa e outra tão horrível podem ser feitas pelos mesmos bichinhos…

Mãe: Pois saiba que temos muito a aprender com as abelhas. Tudo que elas produzem na colmeia é feito em comunidade, uma ajudando a outra, respeitando, reconhecendo a importância que cada uma tem pra fazer as coisas funcionarem na sociedade.

Música: Introdução – “Mundo ideal”

Introdução

(Digão, Lucca, Luiz Grecco, Nanda Villela. Colab.: Albertão)

Ô Ô Ô

No mundo ideal

Tudo tem sua função

É tão natural

É só perfeição

No mundo ideal

Tudo tem seu lugar

É tão trivial… O mundo ideal

.

Onde todos se ajudam

Onde reina harmonia BIS

O bem comum é real

No mundo ideal

No mundo ideal / O mundo ideal

Tudo tem sua função / Ô Ô Ô

É tão natural / Ô Ô Ô

É só perfeição / Ô Ô Ô

No mundo ideal

Tudo tem seu lugar

É tão trivial… O mundo ideal

O mundo ideal

 

Loc.: Venha você também para Meliópolis

Enquanto isso, duas abelhas que estavam olhando a cena, comentam a respeito do que ouviram:

A mãe e a filha saem da cena.

Zzzzzzaqueline: Tá vendo, Zzzzzzuliana, elas gostam muito mais do mel que EU faço do que do própolis que você faz.

Zzzzuliana: Ok, Zzzzzzaqueline, mas você está esquecendo que o própolis que EU faço é muuuuuuito mais útil pra nós e pra eles do que o seu mel.

Zzzzzzaqueline: E daí, importa mais que o meu mel é docinho e todo mundo gosta, já o seu própolis é horrível, ninguém sente prazer quando toma.

Zzzzuliana: Ah é???????? Então eu não vou voltar pra colmeia, vocês que se virem… vamos ver o que vão fazer sem a minha ajuda com o própolis….

Zzzzzzaqueline: Tá bom, fique ai então. Não vai fazer a menor falta, tem todas as outras operárias pra fazer o seu trabalho.

Zzzzzzuliana fica chateada, mas mantém a decisão. Fica onde está, de asas cruzadas, enquanto Zzzzzzaqueline volta para a colmeia. Ao chegar lá, as outras abelhas perguntam por Zzzzzzuliana:

Ana Zzzzzzulia: Oxe, você não saiu com Zzzzzzzzuliana? Cadê ela?

Zzzzzzaqueline: Ana Zzzzzzulia, Zzzzzzzuliana não voltará para a colmeia hoje.

Ana Zzzzzzulia: Oxe, por que?

Zzzzzzaqueline: Falei que o própolis é horrível e ela ficou chateada. Como se fosse alguma novidade…

Ana Zzzzzzulia: Oxe, mas se ela não vai trabalhar, eu também não vou não, vou ficar aqui de boa…

Zzzzzzaqueline: Tá bom, duas a menos não vão fazer diferença!

Zzzzzzzzaqueline passa então por Zzzzzzzulieta, que também pergunta por Zzzzzzzuliana:

Zzzzzzzulieta: Zzzzzzzaqueline, onde está Zzzzzzzuliana? Vocês não estavam juntas?

Zzzzzzaqueline: Zzzzzzzulieta, Zzzzzzzzuliana não voltará hoje.

Zzzzzzzulieta: Mas o que foi? Ela perdeu a asa? Se afogou? Morreu?

Imediatamente, ela pega o celular e espalha as falsas notícias em diversos grupos do zzzzzzap zzzzzzzzzap:

— Tão sabendo? Zzzzzzzzuliana morreu!

— Sabe a Zzzzzzzzzzuliana? Resolveu mudar de colmeia, disse que somos todas abelhastadas!

Zzzzzzaqueline: Ô Zzzzzzzulieta, para de ser abelhuda… eu heim! Ela apenas disse que não vai fazer o própolis hoje. Mas não se preocupe não, uma abelha ou duas não vão fazer diferença!

Zzzzzzzzzoana que estava passando na hora da conversa, ouve aquilo e fica inconformada:

Zzzzzzzzzoana: Como é? Isso é um absurdo! Eu não posso permitir!

Ela fala bem alto e começa a convocar as abelhas que estão por perto:

Zzzzzzzzzoana: Atenção companheiras! Nós, que tanto nos dedicamos para garantir a proteção desta colmeia, não estamos sendo valorizadas! Até os seres humanos dão mais importância ao própolis que produzimos do que as outras abelhas. Operárias do própolis, uni-vos! A partir de hoje não mais trabalharemos em favor desta comunidade!!!

Um grupo de abelhas junta-se a ela e então começam uma greve. Zzzzzzzzaqueline, ao ver tudo aquilo, reage:

Zzzzzzaqueline: Epa! Como assim? Vocês estão loucas? Eu exijo que voltem agora ao trabalho!

Zzzzzzzosé, um zangão que observa a situação, decide intervir:

Zzzzzzzosé: Eu também acho! Era só o que faltava agora… abelha fazendo greve! Vumabora trabalhar!

Ana Zzzzzzzzulia, responde indignada:

Ana Zzzzzzzzulia: K-k-k. Falou agora o danadão! Você não trabalha, fica só voando atrás da rainha o dia todo e comendo as nossas custas. Não faz zzzzzzorra nenhuma!

Zzzzzzzosé: Epaaaaaa! Você esquece que a nossa presença aqui mostra o alto nível de desenvolvimento da colônia? Sem os zangões não há futuro para a nossa comunidade!

Começa o zum zum zum. Chega a Vossa Mazzzzzzzzestade, a rainha, para interferir na situação:

Rainha: Parem AGORA com essa discussão! Este zum zum zum está insuportável! Eu não admito esta dezzzzzzzzzordem em minha colmeia! Se elas querem fazer greve, tudo bem, a gente se reorganiza, é simples! Eu sou a rainha, a partir de agora, quem manda aqui sou eu! Ana Zzzzzzzulia, Zzzzzzzzzaqueline, Zzzzzzzzoana, Zzzzzzzzulieta, quero todas trabalhando na produção do própolis.

Ana Zzzzzzzzulia reage insatisfeita:

Ana Zzzzzzzzulia: Oxe, mas que zzzzzzorra é essa????? Tinha que sobrar pra gente…

Passam-se uns dias (imagem de “alguns dias depois”). Ocorre uma epidemia na colmeia por conta da falta de própolis:

DaAntena: Boa noite! Acabamos de receber uma notícia muito grave. Na colmeia de Meliopolis está havendo uma grave epidemia que já vitimou milhares de abelhas. Me dê imagens!

Zzzzzzzzzzzulieta dá uma entrevista na TV:

Zzzzzzzzzzzulieta: Oi meninas e meninos, tudo bem? Então, seu DaAntena… a situação aqui tá feia mesmo, real oficial! A gente não sabe produzir o própolis! Sem ele os fungos e bactérias invadem a colmeia e daqui a pouco não sobra um Meliopolitano pra contar história.

Volta ao apresentador:

DaAntena: Voltamos já já com mais notícias, continuem antenados!

As outras operárias percebem a falta que fazem as produtoras do própolis e fazem uma reivindicação pedindo a volta delas. Tem início assim o movimento pró-polis!

Música – Manifestação pró-polis

Manifestação

(Digão, Albertão, Nanda, Bruna, Lucca, Bianca, Grecco)

É greve geral no mundo ideal

O caos é total, visível, real

Qualquer injustiça marca um sinal

E a desigualdade é fatal

A ira se torna um ato banal

A intriga e a mentira: veneno mortal

A luta constante: o bem e o mal

Não há vencedor afinal. (volta ao começo)

 

É preciso virar o jogo

Tentar o novo BIS

Voltar atrás

falado…

Pró Pró Própolis

Pró Pró Própolis

Pró Pró Própolis

Ao saber da manifestação, Vossa Mazzzzzzzzestade, a rainha, volta, mais humilde, e pede que se acalmem.

Rainha: Caros Meliopolitanos, diante de toda esta situação, nossa comunidade corre o risco dezzzzzzzaparecer. Precisamos reconhecer que Zzzzzzzzzuliana e todas as operárias do própolis são indispensáveis para a nossa sobrevivência. Por isso, Cazzzzzzzzzemiro, você foi o escolhido para ir procurá-la e traze-la de volta. Vá sem demora!

Cazzzzzzzemiro parte em busca de Zzzzzzzuliana para traze-la de volta.

Música – Volta Zzzzzzuliana

Volta Zzzzzuliana

(Bianca Maciel, Thiago Lucas, Lucca, Luiz Grecco)

Ouve… quem te chama

Vem ocupar o teu lugar

Dança a valsa, onde todos

Tem seu pesar a equilibrar

Se engana quem pensa que

Pode ser feliz sozinho

E ao passo do caminho

Ninguém vai notar o vazio que ficar

Valsa… essa dança

Sem titubear, volta pra cá

Volta… Zzzzzzuliana

Não vá pensar que ninguém te ama

Se engana quem pensa que

Pode ser feliz sozinho

E ao passo do caminho

Ninguém vai notar o vazio que ficar

Vossa Mazzzzzzzzzzzzestade então, em busca de uma solução urgente a fim de surpreender Zzzzzzzzzzuliana e toda a colmeia, convoca representantes de todos os setores da sociedade.

DaAntena: Voltamos com mais notícias da colmeia de Meliópolis. Depois de ouvir diversas opiniões, finalmente a rainha tomou uma atitude para resolver o problema da comunidade. As operárias serão treinadas para desenvolver um produto de altíssima qualidade: o mel com própolis. E as novidades não param por aí, a colmeia vai mudar de nome, a partir de amanhã, passará a se chamar Meliprópolis!

Música – Jingle de lançamento do mel com própolis –

A doçura do mel aliada as propriedades curativas do própolis.

Jingle

Texto:

Você que sempre procura o mel

E busca benefícios do própolis

Porque não juntar o melhor de dois mundos…?

Chegou…

Promélpolis

Zhummmmm

Proteínas, vitaminas e-essenciais

Fonte de energia e de sais minerais

Promélpolis

Zhummmmm

Advertência: Ao persistirem os conflitos, todos deverão ser consultados

FIM

VÍDEO

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.